09 maio 2006

Rádios

Pretendo falar um pouco de emissoras de rádio e também um pouco de rádio. Quando eu tinha mais ou menos 20 anos, já meio coroa, comprei um receptor de FM em uma lojinha de Limeira, do Stocco. Era um kit de receptor que a gente tinha de montar numa caixinha de madeira. Montei. Um tempo depois comprei um kit de amplificador mono, que também montei. O altofalante foi mole. Era uma caixinha muito feia, de madeira coberta com um plástico colante que eu não lembro o nome, que imitava madeira. Daí, comecei a sintonizar as FMs: Rádio Eldorado, Rádio Excelsior, Rádio Cultura, etc.. Não sei se é saudade ou se era tudo mesmo maravilhoso. Não havia intervalos comerciais, os locutores eram extremamente profissionais e as músicas eram, basicamente, instrumentais: A Eldorado, como sempre, com suas pitadas de Jazz, a Cultura com suas músicas clássicas e a Excelsior com um repertório baseado praticamente em Big Bands. Embora meu aparato fosse muito simples e monofônico(desculpe o palavrão), as músicas eram ótimas. Morava na época em São Bernardo e fazia faculdade. São Bernardo é muito perto de São Paulo, daí a possibilidade de eu conseguir sintonizar as rádios. Passados 30 anos ou mais chegamos às FMs de hoje. Fora a Eldorado, CBN. Antena 1, Alpha e outras poucas, educativas, o que ouvimos hoje é um pandemônio. Por algum motivo muito forte os empresários de rádio resolveram que os ouvintes das rádios FM são totalmente idiotas, débeis mentais ou o que quer que sejam. Todos os ruídos irritantes existentes são colocados em suas transmissões: telefones tocando, sirenes de polícia, barulhinhos de computador, de viagens espaciais, jogos eletrônicos, roletas, etc.. Além disso permitem a participação do ouvinte que, logicamente, não tem nada de útil a dizer, uma vez que é ouvinte dessas rádios idiotas.

As músicas, quando existem, são as da pior qualidade possível, sempre induzindo os ouvintes imbecis a pedirem bis. E todas as rádios são iguais: Do Oiapoque ao Chuí. Fico me perguntando e aos inúmeros leitores de meu blog: Será que estou ficando velho e, portanto, achando que tudo o que acontecia antigamente era bem melhor do que o que se vê e ouve por aí, nowadays?

4 comentários:

caos e ordem disse...

Perguntou, eu respondo.
As duas coisas são reais, está ficando velho (já tem mais de 60)e as programaçoes de hoje não tem comparação com as antigas, aliás as emissoras tocam o que os ouvintes querem, sabe quem está querendo ouvir música erudita, clássica (inter).
Mas o texto está ótimo, bem saudosista.

timtimdez disse...

São reais as duas coisas e tem mais: recordar é viver. Também eu, nos idos de 1958 - 59, montei meu radinho do Curso Monitor. Que beleza de som! Que saudades da Eldorado, Excelsior! Será saudosismo, ou o que, mas parece que o som de hoje da Eldorado não é o mesmo. Vamos continuar recordando, VIVENDO e pra frente.

Anônimo disse...

Really amazing! Useful information. All the best.
»

Anônimo disse...

I find some information here.