10 agosto 2006

A Relíquia

A Relíquia é o nome de um romance de Eça de Queiroz, que por sinal, não gostei. Gosto mais do gênero de Os Maias, O Crime do Padre Amaro e o Primo Basílio. Achei "A Relíquia" meio estranho, diferente do que eu queria ler. Mas, como não entendo nada de literatura, minhas críticas podem ter sido as mais absurdas e ignorantes possíveis. Mas, a relíquia de que hoje trato é outra. Recebi em minha casa através de umas peripécias de minha mulher(esposa é a dos outros) o livro de Nikos Kazantzákis "Carta a El Greco". Este livro é o preferido, aquele que ele levaria para uma ilha deserta, do Zecão. Influenciado por sua devoção e apego ao livro, enchi-lhe tanto o saco que ele conseguiu que uma grande amiga sua o levasse à casa de minha mãe, onde minha mulher o apanhou e o trouxe para casa. Parece que a edição é de 1956. Está bem amarelinho e as folhas parecem determinadas a partir para outro estado da matéria, ou seja, estão querendo virar pó. Assim, em respeito ao irmão de blog e dono da relíquia, furto-me ao desejo de lê-lo e o guardarei sob 6 chaves até o retorno do dono. Enquanto isso, fuçarei em alguns sebos à procura de outro exemplar. Tem um sebo em Limeira que, bem na entrada tem uma placa que diz mais ou menos assim: "Favor não fuçar nos livros."
Outro tópico interessante: Para saber escrever corretamente o nome o autor do livro recorri à Internet e me lembrei imediatamente de outro livro, que virou filme, Zorba, o Grego. Pois não é que nos sítios onde entrei não havia nenhuma referêncxia ao autor do livro que deu origem ao filme, mas somente os nomes do Diretor, atores, produtores, técnicos, etc. Pode?

2 comentários:

JOSE CITELI disse...

Não vai encontrar em nenhum sebo do Brasil, porisso é RELÍQUIA mesmo, mas não vai ficar sem ler por essa razão, depois do meu esforço pra chegar às suas mãos. Pode ver que é uma edição de LISBOA, detalhe que torna o exemplar mais raro. O livro é meu predileto mas sou um dono desapegado. DELICIE-SE COM CARTA A GRECCO.

ZECÃO

irmãcaçula disse...

Creio que a opção sua é a terceira (amor mesmo) já que pôs a foto da sua "espozinha" quando pequena, por sinal, uma graça!