16 novembro 2007

Privadas

Assisti a um filme no qual o Jack Nicholson, após a morte repentina de sua mulher, se dirige à privada e, feliz da vida, após muitos anos de censura faz xixi em pé. Sua mulher o obrigava a urinar sentado(acho mijar muito feio). Considero que o fato de urinar em pé, sem tirar ou abaixar as calças, desde que sua cueca tenha um rasgo na frente, é a única e grande vantagem do homem sobre a mulher. No resto as mulheres são superiores em tudo. Porém, ainda tenho dúvidas sobre a tampa da privada. Trudia, fazia xixi relaxadamente em meu banheiro, observado pela minha netinha que me ordenou, ao terminar: "Vovô, abaixe a tampa!" Ela não me pediu. Simplesmente me ordenou, como se eu estivesse fazendo algo indevido e passível de corretivos. Estupefato, abaixei a tampa. A partir desse dia fiquei numa dúvida cruel: Os homens devem ou não abaixar a tampa das privadas após o uso? Não sei. Mesmeu, com sua efervescência inerente aos filósofos tristes, quis me mostrar as vantagens e desvantagens da tampa alçada ou desalçada, mas não chegou a nenhuma conclusão. Se Mesmeu não chegou, muito menos eu!

12 comentários:

caos e ordem disse...

Pelo que me consta, existe um grande preconceito contra "homem mijar sentado". Seria considerado viado, por ser a posição obrigatória para as mulheres.
Particularmente eu alterno conforme minha disposição física, às vezes me sinto mais confortável expelir o líquido urinário com a bacia apoiada no vaso sanitário.
Estou me ralando para o preconceito machista e conheço machos incontestáveis que fazem o mesmo.
Parabéns ao Shiost pela análise técnica do assunto, sem sequer mencionar o preconceito.
Normal, um filósofo prestigiado como Mesmeu demonstrar liberdade do jugo dos preconceitos.

Anônimo disse...

Li as artes do Turini e o vaso sanitário do Mesmeu.
Gostei de ver a Mesminha colocando ordem na casa, se existe tampa é pra ser abaixada.
Ponto para minha vizinha Mesminha.
Maria Zélia (Sra. Caos, adepta da Ordem)

irmãcaçula disse...

Me desculpe, Sra Caos, amiga Zélia, mas penso diferente, pois a tampa abaixada esconde os respingos que o "bicho" homem deixou ao fazer o seu "xixi" ( assim aprendi falar com meus pais).
O vaso fica arrumado mas não limpo!
A Mesminha é a Ana Cláudia? Que barato!

NiceBarth disse...

Que belezinha a "Mesminha" já mandando os homens (na figura do avô) abaixar a tampa. No mundo inteiro existe esse problema homem versus mulher. Não há nada que irrite mais uma mulher, que é obrigada a pôr a mão na tampa para abaixá-la, quando não custaria nada ao homem fazê-lo depois de usar o vaso.
E parabéns à Sra Caos, Adepta da Ordem, por ter nos dado a honra de seu comentário.

Polemikos disse...

IGUALDADE ...
Clamam tanto por igualdade .... porque não começamos com algo trivial .... após o uso, nós baixamos .... e elas levantam.
Não seria uma justa troca de gentilezas?

NiceBarth disse...

Aqui em casa é assim mesmo, muito democráticos: quem quer levantar levanta, quem quer abaixar abaixa, mas isso é só até chegar a Rebecca, que vai mandar que os homens deixem abaixada...

irmãcaçula disse...

Continuo com a mesma opinião: abaixada não fica limpa; apenas camuflada!!! Donas de casa, Socorro!!! É verdade ou não??? Apelo para a Sra Shiost que entende muito bem dessas coisas!

irmãcaçula disse...

Depois de abaixadas, temos que levantar e limpar... não só a bacia como a tampa!

Anônimo disse...

Como boa neurótica que sou, coloco aqui minhas considerações:
1. Minha querida amiga Zélia, tem seu banheiro privativo, sem dúvida, pode-se dar ao luxo de deixar a tampa abaixada. Chiquérrima.
2. A querida Nice, outra chiquérrima, tem Luzinete à disposição e se preciso for, vai a luta. Tendo a casa imensa, deve ter seu banheiro preferido com a tampa abaixada.
3. Certo está o Polemikos, um levanta e o outro abaixa, desde que a Sra. Polemikos não seja neurótica como eu e a irmã-caçula.
4. Eu e a querida irmãcaçula, não podemos nos dar a esse luxo, nossos banheiros são compartilhados com nossos queridos maridos. Por mais educados que sejam, são homens, tal seria, dentro da própria casa, com o pouco tempo que em casa ficam,
ainda tivessem que se preocupar em não respingar o vaso, não deixar aquela última gotinha, depois da sacudidela, cair no chão.
O melhor e que deixem a tampa levantada, por furiosas que fiquemos.
Assim sendo, nosso trabalho de dona de casa, fica mais fácil, pegamos nossos apetrechos de limpeza e mãos a obra.
Neste caso, junto-me à minha queridinha irmãcaçula.
Mais vale uma tampa aberta, do que tudo respingado.
E o Timtimdez, não se manifesta ?
Beijinhos.
Lucy.
P.S. A mesminha, ralhou com seu vovô, porque ficamos sempre sozinhas quando ela está aqui em casa.
Ela se acostumou a ver a tampa sempre abaixada. Quando estamos todos, faço questão de observar se está tudo em ordem, antes que ela use o banheiro.

timtimdez disse...

Continuo perplexo com a qualidade da nossa comunidade blogueira (escritores e comentaristas). Um, vai buscar lá nas profundezas de sua consciência negra um tema tão trivial e tão polêmico. Os outros e outras engrossam a polêmica, com argumentos bem pertinentes, isto é, próprios de conhecedoras do assunto. Até da "última gotinha" se falou - esquecendo-se, porém, que não adianta balançar, a última é sempre da cueca.
Até o momento eu me achava o melhor dos maridos por abaixar sempre a tampa. Agora a irmãcaçula vem e diz que não é pra abaixar a tampa. Fico com a resposta das crianças: obedecerei a Mesminha.

NiceBarth disse...

E eu estou encantada com a Lucy! Se duvidar ela vai escrever um livro, terminar e publicar antes de mim... Viram como ela escreve bem?

irmãcaçula disse...

Pois é! Pensa que nossa família não é poderosa? Existem escritores, pintores, bruxas e coisas parecidas! É isso aí! Viva A Lucy por escrever bem e concordar com a manacunhada aqui!!!
TAMPA LEVANTADA!!!

E Por falar em privadas, qual privada é esta??? Não a estou conecendo!