Ocorreu um erro neste gadget

05 dezembro 2007

Mielofibrose crônica - News

1. De volta ao médico, após alguns meses, levei uma tabela do Excel contendo planilhados todos os exames de sangue desde fevereiro, de 2 e 2 meses. Como não houve qualquer alteração substancial, na verdade, nem pioras nem melhoras nos valores encontrados, chegou o doutor à mesma conclusão da última consulta: "Toca a vida prá frente que, enquanto assim estiver, tudo bem. Vida normal." Satisfeito, saí de Campinas e fui à Piracicaba para trabalhar. A Anhangüera, com chuva, é um desastre só. Horrível! Daí, fiquei pensando: Se eu consegui sobreviver à Anhangüera, não é qualquer mielofibrose que vai me derrubar. E tenho dito!

2. Abaixo está o fim do comentário de Arnaldo Jabor na CBN, se referindo à frase de Renan, em seu pronunciamento após a comemoração de sua absolvição.

Renan: "Eu nunca tive dúvidas de que os senadores votariam com a verdade. É importante que o povo saiba onde está a verdade. Eu acho que a honra é um grande valor que temos a defender, quando se perde a honra se perde o sentido da vida."

Jabor: "Pois nós, o povo sabemos onde está a verdade, sim! Está dentro do esgoto, boiando pelos canos de Brasília, indo desagüar nas piscinas do Lago Sul."

14 comentários:

NiceBarth disse...

Puxa, GOSTEI!!!!!!!!
Gostei da garra de lutador pela vida de verdade, gostei dos dentes mostrados irônica e ferozmente para a mielofibrose, mostrando quem é que manda nesse corpo aí! Gostei do Jabor, aliás adoro o Jabor!
E vamo que vamo! Um beijo e tô com você!

irmãcaçula disse...

Em tudo que escreveu adorei o fato da sua doença estar estacionada .
Graças a Deus!
Quanto ao médico, acho que ele devia lhe dizer algumas coisinhas fundamentais como manter-se assim, com a saúde controlada.

E em relação ao Renan... NADA A DIZER! Porque gastar minha energia com coisas que não levam à nada!? Se fosse mudar algo... mas não creio nisso, infelizmente!

caos e ordem disse...

Quase não tenho comentado nada e ninguém, agora ce vem com dois assuntos de uma vez só.
O Senhor sabe que êste fim de ano tem sido bem desgastante, não tenho parado em Limeira, com uma vida social vertiginosa.
Viva a vida! Em todos os sentidos viva a vida. No sentido de comemorar que estamos todos chegando a mais um fim de ano com os índices estáveis. Viva a vida no sentido de continuar curtindo suas curtições.
Estou com sua irmã, deixo êsse parasita do Renan pra lá. Minha terapeuta recomendou que eu seja carinhoso e cuidadoso com meu coração, evitando matutar em assuntos como essa farsa.
Quem diria, o Shiost publicando mais do que o Caos.

irmãcaçula disse...

Pois é, pela alegria de estar tudo sob controle! Louvado seja!
Continuo, porém, achando que o médico deveria ser mais cuidadoso!
Eta irmã insistente!!!

Anônimo disse...

Não consegui entender a "irmã caçula". O que é que ela queria que o médico dissesse? Acho que o médico falhou mesmo; deveria ter dito: pega a Lucy, toma o rumo de Minas e vai comemorar a VIDA, lá com os bons queijos e com a boa pinga dos mineiros. VIVA A VIDA BELA!Timtimdez

NiceBarth disse...

E aí? Vai mais um texto do nosso querido Shiost?

NiceBarth disse...

E aí? Vai mais um texto do nosso querido Shiost?

NiceBarth disse...

2008, querido! Qual será o tema do primeiro texto do ano para nos alegrar?

Lis disse...

Oi, Sou Lis, em agosto/2007, descobrimos q meu pai tem Mielofibrose ! Como é uma doença rara, gostaria de trocar idéias com pessoas q estão passando, ou já passaram por isso !!!
E a principio, só encontrei dois depoimentos até hj....E foi no Refulgir !

Shiost Aguiar disse...

Lis

Me mande seu e-mail para podermos trocar informações.

Anônimo disse...

zanza231@hotmail.com

marcelamcp disse...

Fico feliz de ver pessoas que continuam bem, mesmo com Mielofibrose. Acompanho esse blog desde Janeiro deste ano, pois descobrimos que minha mãe tinha mielofibrose. Mas minha mãe não resistiu e com apenas dois meses de doença, ela faleceu. Foi internada em 18/01 e faleceu em 18/03.

Marcos disse...

Por favor, descobrimos recentemente que minha mãe é portadora de mielofibrose (ela mesma não sabe que é portadora). Estamos buscando ouvir outros médicos sobre a doença e tratamento.
Aqui no blog li, em posts antigos, sobre a existência de um médico de Campinas-SP (Unicamp). Alguém pode me ajudar a localizar um especialista de renome e com experiência no tratamento dessa doença rara. Obrigado
PS: meu e-mail é m.ale.teixeira@gmail.com

Anônimo disse...

meu tio tem mielofibrose e trata na unicamp....e graças a Deus, o tratamento está dando certo e ele está bem...quem quiser me mandar e-mail (maryninha.faro@gmail.com)